quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

TRT da 5ª Região: projeto cria 432 vagas para técnico e analista


Está em trâmite na Câmara dos Deputados o projeto de lei (PL) 4.397/2016 que cria 432 vagas no quadro de pessoal do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT 5). O órgão possui sede em Salvador, na Bahia.


O documento prevê a distribuição das oportunidades da seguinte maneira: 112 para técnico judiciário – área administrativa; 193 para analista judiciário – administrativa; 196 analista judiciário – judiciária; e 42 para analista judiciário – oficial de justiça avaliador federal.


De autoria do ministro Antônio José de Barros Levenhagen, o PL está em análise na Comissão de Trabalho, de Administração e de Serviço Público (CTAPS). A proposta também será avaliada pelas comissões de Finanças e Tributação (CFT) e de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC).

Assim que for aprovado no Plenário da câmara, o projeto passará para o Senado Federal, para então ser sancionado pela presidente da República. Depois de sancionado, o TRT 5 poderá preencher as vagas por meio de novos concursos e de concursos em andamento.

Sobre os cargos do TRT/BA

O emprego de técnico se destina aos candidatos que possuem ensino médio completo. Já a colocação de analista (todas especialidades) exige nível superior em diversas áreas de atuação.


Consta no site do TRT 5 que os salários iniciais oferecidos correspondem a R$ 5.365,92 para o posto que necessita de ensino médio e a R$ 8.803,97 para as profissões que pedem formação superior.

Fonte: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário