segunda-feira, 24 de agosto de 2015

TRT da 22ª Região: CNJ aprova criação de 10 cargos para servidores


A Justiça Trabalhista do Piauí recebeu uma boa notícia: a aprovação, pelo Conselho Nacional de Justiça, do anteprojeto de lei que inclui a criação de uma vaga para desembargador, um cargo em comissão (CJ3) e 10 cargos efetivos de servidores para o TRT, sendo 7 de Analista Judiciário e 3 de Técnico Judiciário. A proposta agrupa, além do TRT do Piauí, cargos de magistrados e servidores para os TRTs da 14ª Região (Rondônia e Acre), 16ª Região (Maranhão), 19ª Região (Alagoas), 20ª Região (Sergipe), 23ª Região (Mato Grosso e 24ª Região (Mato Grosso do Sul). Os pedidos foram encaminhados pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), e deverão seguir do CNJ para o Congresso Nacional. A aprovação se deu na sessão do pleno do CNJ do dia 19 de agosto, que também apreciou outros quatro anteprojetos envolvendo a criação de cargos de juízes e servidores no âmbito da Justiça do Trabalho e da Justiça Eleitoral.


Para a presidente do TRT 22, desembargadora Enedina Maria Gomes dos Santos, essa é uma das melhores notícias em seu oitavo mês de gestão na Justiça do Trabalho do Piauí. "Trata-se de um processo iniciado e desenvolvido em administrações anteriores, envolvendo os colegas que me sucederam na Presidência. Cabe-nos dar sequência a esses esforços, cujo desfecho, com a esperada aprovação no âmbito do Legislativo, irá beneficiar, sobretudo, os usuários da Justiça do Trabalho no Estado”, concluiu.

Fonte: TRT da 22ª Região

Nenhum comentário:

Postar um comentário