segunda-feira, 8 de setembro de 2014

TRT apresenta estratégia para ampliação do quadro de servidores de TI


O presidente do TRT5, desembargador Valtércio de Oliveira, reuniu-se na manhã dessa quarta-feira (3/9), no gabinete da Presidência, com uma comissão de candidatos aprovados no último concurso para o quadro de pessoal do Tribunal – área de Tecnologia -, para avaliar o andamento do Projeto de Lei 7.907/2014, que cria 49 vagas para o cargo de analista nessa especialidade. A reunião (foto), uma iniciativa do próprio magistrado, serviu para homogeneizar o conhecimento dos interessados e discutir estratégias para os próximos passos da tramitação do PL no Congresso Nacional.


De acordo com a diretora da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicações (Setic), Cláudia Ferreira Jorge, presente na reunião, investimentos na área tecnológica repercutem no trabalho de todo o Tribunal, uma vez que este setor atua na busca de soluções para as outras unidades. Ainda segundo Cláudia, a TI tem demandas para crescimento, principalmente no que tange à governança (contratos, gestão de processos de trabalho e gestão de mudança), infraestrutura (rede corporativa, telefonia, suporte etc) e desenvolvimento, inclusive na cooperação em projetos nacionais, jurídicos e administrativos.

O projeto tramita em regime de prioridade e, atualmente, encontra-se na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP). Tão logo receba o parecer do relator, seguirá sucessivamente para as comissões de Finanças e Tributação (CFT) e de Constituição e Justiça (CCJ). As vagas criadas pelo PL foram desmembradas de anteprojeto anterior que pretendia a criação de 555 cargos para todas as áreas do TRT5, mas que não foi à frente por contingência da própria Justiça do Trabalho.

O desmembramento ocorreu por solicitação do presidente do Tribunal, desembargador Valtércio de Oliveira, tendo por base a Resolução nº 90/2009 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que dispõe sobre os requisitos de nivelamento de Tecnologia da Informação (TI) no âmbito do Poder Judiciário.

No encontro, o presidente explicitou a estratégia do TRT5 de estreitar o contato com os parlamentares, e houve o consenso de se reforçar ainda mais a premência da Resolução nº 90/2009, que deve ser cumprida até dezembro de 2014. O desembargador disse também que o orçamento de 2015 para a Justiça do Trabalho já prevê dotação com vistas à provisão das vagas. Afirmou ainda que vai trabalhar junto aos TRTs da 10ª, 18ª e 19ª Região, que possuem projetos semelhantes, em tramitação, até que se obtenha uma solução conjunta. Por outro lado, os concursados se comprometeram a participar de todo o processo, colaborando com sugestões e se mantendo em comunicação com o TRT5.

PRESENÇAS – Participaram da reunião, além do presidente e da diretora da Setic, o secretário-geral da Presidência, Manoel Evangelista Neto, e a diretora de Secretaria de Gestão de Pessoas, Amoni Lavigne. Da parte dos concursados, compareceram Antonio Ruy Garrido, técnico da Setic aprovado para vaga de analista, Dorgival Barros Monteiro Júnior, Carmen Verena Fonsêca Boureau, Thais Silva de Lima, Roberta Nascimento Santana e Jorge Luiz Contreiras Guenna Júnior.


Fonte: TRT da 5ª Região/Secom - Franklin Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário