segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Proposta do TRT-2 pede a criação de 1.052 cargos e 1.269 funções comissionadas


O Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região encaminhou ao CSJT (Conselho Superior da Justiça do Trabalho) uma proposta para a geração de 1.052 novos cargos efetivos, distribuídos em 701 para a carreira de analista judiciário e 351 para técnico judiciário. O pedido inclui, ainda, a criação de 1.269 funções comissionadas.


O projeto está baseado nos preceitos normativos da Resolução Administrativa nº 63 do CSJT e na Resolução nº 184 do CNJ, e foi autuado com o nº CSJT-AL-51400-57.2012.5.90.0000 (anteprojeto de lei).

O pedido visa à recomposição da força de trabalho no TRT-2, face às características da alta demanda de prestação jurisdicional a que está submetido, buscando corrigir uma defasagem apurada e oferecer melhores condições de trabalho aos magistrados e servidores desta instituição, que, nos últimos anos, apesar da maior demanda de trabalho em comparação aos outros TRTs, vem se destacando no cenário nacional, atingindo altos níveis de eficiência e produtividade.

O anteprojeto está aguardando emissão de parecer da Coordenadoria de Estatística e Pesquisa, seguindo posteriormente para outras assessorias do CSJT, que também emitirão pareceres com o propósito de subsidir o exame do pedido.


Fonte: TRT da 2ª Região

Nenhum comentário:

Postar um comentário