quinta-feira, 31 de julho de 2014

CLTNEWS | TRT de Minas Gerais: Preparação deve ser antecipada


Quem está em busca de estabilidade poderá iniciar a preparação para o concurso do Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais (TRT-MG), da 3ª Região, para os cargos de técnico e analista judiciários, uma vez que a seleção é uma das mais procuradas. Entre os atrativos, destaque para o regime de contratação estatutário, que garante a estabilidade e os vencimentos que podem chegar a R$8.888 mensais. A escolaridade exigida para técnico é o nível médio e, para analista, o superio. Haverá oportunidades para diversas áreas, que estão sendo definidas pelos organizadores.


A presidente do TRT, desembargadora Maria Laura Franco Lima de Faria, após autorizar o concurso, disse que os próximos passos serão formar comissão para cuidar da elaboração da seleção, e definir a organizadora. O edital, que será elaborado tão logo seja escolhida a empresa responsável pelo certame, tem previsão de ser divulgado ainda este ano.

De acordo com a subsecretária do tribunal, Isaura Emília Dias de Souza, em setembro serão divulgados o quantitativo de vagas e as especialidades que serão oferecidas para os técnico e analista judiciários. Apesar do órgão não ter informado os vencimentos, eles deverão ser de R$5.717,82 para técnico e, de R$8.888,06, para analista, incluindo R$710 de auxílio-alimentação, tomando como base o concurso do TRT do Rio de Janeiro que está com inscrições abertas.

Os interessados no concurso poderão iniciar a preparação com base no programa da última seleção, realizada em 2009. Foram oferecidas oportunidades para técnico judiciário nas áreas Administrativa, Contabilidade e Tecnologia da Informação; e analista área judiciária execução de mandados, Judiciária, Administrativa, Contabilidade, Arquitetura, Arquivologia, Enfermagem, Engeharia Civil, Engenharia Elétrica, Estatística, Fisioterapia, Medicina (várias especialidades), Odontologia, Psicologia, Serviço Social e Tecnologia da Informação.

O exame objetivo foi composto por 60 questões, abordando as disciplinas de Língua Portuguesa, Conhecimentos Específicos, Noções de Direito, Conhecimentos Gerais e redação, de acordo com cada área. Os vencimentos iniciais chegaram a R$6.611,39, além de gratificações de atividade jurídica e vantagem pecuniária individual, para carga horária de 40 horas semanais. O regime de contratação é o estatutário, que garante a estabilidade. O prazo de validade é de dois anos, prorrogado por mais dois, uma única vez.


Fonte: Folha Dirigida

Nenhum comentário:

Postar um comentário