quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Dilma quer reserva de 20% para negros em concursos


Na terça-feira (5), a presidente Dilma Rousseff assinou mensagem ao Congresso Nacional encaminhando, em regime de urgência constitucional, o projeto de lei que “reserva aos negros 20% das vagas oferecidas nos concursos públicos para provimento de cargos efetivos e empregos públicos no âmbito da administração pública federal, das autarquias, das fundações públicas, das empresas públicas e das sociedades de economia mista controladas pela União”.



Esse despacho presidencial foi publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira (6). De acordo com Dilma, a medida visa iniciar a mudança na composição racial dos servidores da administração pública federal.

Além disso, a presidente espera que a iniciativa do governo federal sirva de modelo para outros setores. “Esperamos também incentivar medidas similares a essas. Tenho certeza de que além dos demais Poderes e dos demais entes da federação, nós também poderemos influenciar empresas e organizações privadas”, disse Dilma.

O regime de urgência constitucional garante maior celeridade na tramitação do projeto, porque estabelece prazo de votação de 45 dias para a Câmara e mais 45 para o Senado para o texto ser votado. Se a votação não for concluída nesse período, o projeto passará a trancar a pauta da Casa em que estiver tramitando e nenhuma outra proposta legislativa poderá ser votada em plenário.

Em alguns Estados da federação já existe a política de cotas em seleções públicas. No Rio de Janeiro, por exemplo, a lei estadual 6.027/2011 reserva 20% das vagas dos concursos públicos do poder executivo do Estado para candidatos negros e índios.

Fonte: Jornal dos Concursos

*Com informações da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República

23 comentários:

  1. Acho que a reserva de vagas por cotas deveria levar em conta os candidatos oriundos de escolas públicas e de baixa renda, e não o critério da cor ou raça.

    ResponderExcluir
  2. Querem entrar pela janela. Que vergonha. Tudo para conseguir votos da Marina!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu teria vergonha de entrar assim! Isso é discriminação! Chama as pessoas negras de menos capazes...

      Excluir
  3. Cota racial é a coisa mais absurda que já inventaram. A desculpa esfarrapada de reparar anos de escravidão é uma máscara para encobrir a verdadeira razão dessa "política afirmativa": angariar votos para as eleições. Se o verdadeiro motivo fosse a reparação, por que não ir direto ao ponto? Onde está a maior concentração de negros? Nas favelas e periferias, dessa forma percebe-se que realmente os negros oriundos desses lugares são menos favorecidos que os demais negros e brancos de classes sociais mais elevadas. Mas por quê? Ora ... porque, dentre tantos outros motivos e mazelas, eles não têm EDUCAÇÃO DE QUALIDADE e isso influencia diretamente nas estatísticas que o governo sai lançando por aí de que por exemplo há 99% de brancos para cada 1% de negros ocupando cargos elevados e blá blá blá. É sabido que o ensino público no Brasil é uma PIADA, tanto é que os professores de diversas cidades fizerem greve e começaram a reivindicar melhores salários, melhores condições nas escolas. Mas por que o governo não melhora o ensino público nas escolas e assim oferece um futuro melhor para essas crianças? Por uma simples razão CRIANÇA NÃO VOTA, e calam a boca dos pais dando bolsa isso, bolsa aquilo! O governo literalmente CAGA para as crianças POBRES em toda a sua vida colegial e quando ela está para entrar na universidade dá cota pra entrar. Isso é uma política SEM SENTIDO! Por quê não fornece um ensino de qualidade e ensina a criança a sentar a bunda na cadeira e estudar como todos os outros vestibulandos? Ok ... Até podemos concordar com as cotas sociais nas universidades levando em conta todo esse descaso do governo, miserabilidade e falta de infraestrutura em que a maioria vive. Mas cotas para NEGROS em um país tão miscigenado como o Brasil? E o que falar para aquela criança nordestina descendente de negro e holandês que tem fisionomia de negro, cabelo pixaim e loiro, olho azul e pele branca e é castigada todo ano pela seca do sertão? Que ela não é preta e assim foi EXCLUÍDA pelo próprio governo do seu país de ter oportunidades pela simples cor da sua pele? Será que ela é tão menos discriminada do que um negro? Agora me vem essa de cota para negros nos concursos públicos ... HA HA HA ... mais uma vez eu pergunto: já deram a cota na universidade, pois bem, e agora o que está impedindo o negro de sentar a bunda na cadeira e estudar como todos os outros concurseiros? Concurso público é disciplina, é dedicação, é ESTUDO e é isso que brancos, negros e índios devem ter e fazer para passar em um!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você falou tudo!!!! ISSO É UM ABSURDO!!! Essa Dilma é uma ANTA

      Excluir
    2. Parabéns!!! Ótimas palavras. Falou a mais pura verdade. Essa é a realidade do Brasil. Quem disse que os negros são mais pobres? Não tem condições de estudar. Existem muitos brancos pelo Brasil que também é pobre. Concurso é isso mesmo colega, tem que sentar a bunda na cadeira e estudar.

      Excluir
  4. Sou concurseiro, sou negro e estudo para concursos de tribunais. Passo horas estudando,tanto em livros quanto pela Internet.
    Acredito que nós negros só precisamos estudar como os demais!!!
    Discordo dessa ideia de cotas para concursos porque isso tem cheiro de politicagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns pela consciência e inteligência! É uma pena que as grandes massas (as mesmas que decidem as eleições) são formadas por pessoas ignorantes! Pessoas que se vendem por qualquer coisa ou papo que pensam que lhes é favorável. Burras! Independentemente da cor!!!

      Excluir
    2. Curti mil vezes!!

      Excluir
  5. Essa eh a mulher mais burra da história desse mundo. De q vai adiantar? Quem vai passar em concurso público não é o negro pobre da periferia que pega 3 conduções pra trabalhar e estuda das 21 à meia noite. Mas sim o moreninho classe média cujo papai banca para fazer cursinho e só estudar o dia todo. Então, se a pessoa tem condições financeiras pra ficar só em casa estudando, qual a diferença se ela eh negra, branca, índio, gordo, magro?? Pqp. 20% p negro.. 20% p deficiente.. ta foda.

    ResponderExcluir
  6. Queria saber se ela vai ser coerente na escolha de ministros, respeitando esses 20%...

    ResponderExcluir
  7. Isso é uma vergonha! porque eles não começam pelo partido e pelos ministérios?

    ResponderExcluir
  8. Quando vi essa notícia fiquei estarrecido!!! sou concurseiro em concursos da área jurídica.
    Sou negro e trabalhei por vinte e dois anos na CAIXA FEDERAL, através de concurso.
    Agora que o cenário se mostra propício à eleição, vem a Dona Dilma com uma ideia estapafúrdia e querendo demonstrar que nós, negros, que estudamos precisamos de cotas em concurso público. Eu,particularmente, não preciso e espero que os negros concurseiros também não. Espero que todos estejam estudando para conseguirmos as nossas vagas por merecimento e comprometimento com o estudo!!!
    Acredito que é menosprezar demais nossa inteligência, como se a cor da nossa pele fosse requisito para quantificar nosso conhecimento e inteligência!!!
    Esse país precisa acordar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ingratidão é foda!!!

      Excluir
    2. Tenho a mais absoluta certeza que esse cara vai aproveitar a oportunidade gerada por essa lei de cota e ainda sai falando merda.

      Excluir
  9. Sei que a questão é eleitoral, não discuto isto, pois é ponto pacífico! Contudo, pensemos em um exemplo hipotético e sejam sinceros em suas reflexões: Negro Xavier é negro, filho de diarista, que mora em uma favela, e todos os seus ascendentes ali moraram, pois, todos seguiam a tradição e a pobreza da família e um dia Negro Xavier que tem 16 anos diz para sua mãe que deseja ser juiz. Pergunto aos caríssimos doutos: devemos responder a este jovem que ele deve esperar que a educação brasileira tenha qualidade e aí sim ela terá condições como qualquer um, afinal de contas e só estudar, pois o direito de ser juiz é para todos brancos e negros. È Isso? Se for assim, Negro Xavier poderá ter um tataraneto juiz, MAS NUNCA ELE SERÁ, pois enquanto a "educação melhora no Brasil" somente os de "boa família" terão condições de se tornar juiz. Pergunto ainda: quantos ministros são negros? Quantos negros existem em uma sala de aula de medicina de universidade pública? Quantos presidentes negros tivemos? Quantos diplomatas são negros? Meus amigos, se não for por imposição legal imediata, NUNCA os negros terão uma chance, pois, o Brasil foi dividido nas capitanias hereditárias e até hoje continua dividido pelas mesmas famílias BRANCAS!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Colega, respeito a sua opinião, mas discordo em alguns pontos, e, principalmente ressalto o seguinte: essa lei não beneficiará ou facilitará a vida do negro que quer ser Juiz, Promotor, etc. Todos sabemos que nesses concursos não há concorrência, mas mera aprovação.. Basta ser aprovado, pois as vagas nunca são completamente preenchidas por falta de aprovados. E nesse contexto, os negros não serão beneficiados, pois, para entrar na cota, é preciso ser antes aprovado. Os cargos mais valorizados continuarão a ser ocupados pelo mesmo perfil de pessoas que hoje os ocupam. Ademais, essa lei, pelo que entendi - confesso que não li o projeto, pode ser que esteja equivocado - , só afeta os concursos públicos, justamente o processo de seleção meritocrático e desvinculado da política. Os cargos em comissão, funções de confiança, etc, não exigem cumprimento dessa cota. E, para mim, o mais grave é que escancara uma hipocrisia e contraditoriedade enorme em relação às atitudes do próprio governo, pois a Presidenta, na escolha dos Ministros de Estado, Ministros do STF, etc, passou longe de nomear 20% de negros para tais cargos estratégicos. Claro, a politicagem era mais importante...A Presidenta acabou de perder meu voto.

      Excluir
  10. Caros Colegas Concurseiros, professores e demais leitores,

    A aprovação em concurso público é uma QUESTÃO DE MÉRITO e não de raça. Uma vez sendo aprovada a lei de cotas raciais em concursos públicos, no ato da inscrição se perguntará ao candidato a sua cor?
    Não vejo lógica e nem necessidade nisso, apenas mais uma forma de discriminação. Todos devem estudar e muito para se ingressar no serviço público de forma legal e isônomica.O Brasil precisa de servidores probos e competentes independentemente de raça ou cor. Eu e muitos concurseiros, inclusive os negros, estamos indignados com mais esse projeto eleitoreiro.

    ResponderExcluir
  11. Absurdo isso! A presidenta deve tá achando que negro é burro!

    ResponderExcluir
  12. DILMAO, EH O SEGUINTE, SE QUER TANTO COLOCAR COTA PRA NEGRO EM TUDO, ACHO Q TÁ NA HORA DE VC E O SR. LULA *RENUNCIAREM* A UMA POSSÍVEL REELEIÇÃO E COLOCAREM UM NEGRO NA PRESIDÊNCIA ..


    OPAAA. LEVOU UM CHOQUE, DILMAO? QUANDO A COTA MEXE NA SUA VAGA, AÍ VC NÃO QUER, NE?

    COLOCA LOGO UM PRESIDENTE NEGRO NO PODER E AIII A GENTE CONVERSA SOBRE COTAS, BELEUZA?

    ResponderExcluir
  13. Acho que o princípio que mais se encaixa nos comentários é: princípio do interesse privado (meu ego, meu individualismo) sobre o interesse privado ( o outro).

    O preconceito sendo destilado nu e cru, não por serem contra cotas pra negros, mas é nessas horas que vemos as pessoas destilarem seus preconceitos velados.

    Depois, ainda, seres (des)humanos falam de mudança e melhoria de mundo.

    Sinceramente, gostaria que essa merda de mundo fosse pelos ares, pois conviver com seres humanos néscios, nefastos, hipócritas, preconceituosos é uma das coisas mais desesperadora da vida.

    Pra que gespública né, pra que pensar no cidadão-cliente, sendo que o importa é ego vazio de cada um.

    Bem vindo ao caos. Espero que, se um dia eu conseguir ser servidor, conviva o menos possível com gente preconceituosa - pois fazem mal; mas não tenho grande esperanças quanto ao convívio com estes, pois, infelizmente, ocupam todos os espaços, tanto os visíveis, quanto os lacunosos.

    ResponderExcluir
  14. Vou optar pelas cotas e depois do concurso vou fazer sessões de escurecimento! quero ver eu não entrar!

    ResponderExcluir