quinta-feira, 25 de julho de 2013

Urgente! Edital do Concurso do TRT8 é impugnado






O Conselho Regional de Administração do Pará (CRA/PA) impugnou o concurso público nº 01/2013 do Tribunal Regional do Trabalho da 8º Região (TRT).


De acordo com o documento, há irregularidades apresentadas no edital. Entre elas, as 42 vagas ofertadas e mais cadastro de reserva para o cargo de ‘Analista Judiciário: Área Administrativa’, exigem dos candidatos formação em qualquer curso superior. Porém, o CRA/PA constatou que as funções atribuídas ao cargo só devem ser exercidas por Administrador, ou seja, por um profissional que tenha formação no curso de Administração e registro junto ao Conselho.

Uma carta foi enviada à presidente do TRT8, desembargadora Odete de Almeida Alves, solicitando a retificação do edital ou até mesmo a suspensão do certame.

Para o presidente do CRA/PA, José Célio Lima, os pré-requisitos dispostos no edital do concurso vão contra o Artigo 2º da Lei nº 4.769/65, que rege a função dos Administradores e também a Constituição Federal.

O edital informa que qualquer candidato com formação de nível Superior pode concorrer ao cargo de Analista Judiciário – Área Administrativa. Porém, as funções atribuídas para o cargo, conforme consta no Anexo I, só podem ser exercidas por um Bacharel em Administração, com o respectivo registro no Conselho Regional de Administração.

O CRA/PA vai aguardar por um posicionamento da presidência do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região. A princípio, o conselho pede apenas que sejam sanadas as irregularidades no edital do concurso, cujo período de inscrições está previsto para encerrar no próximo dia 31.

Fonte: DOL

13 comentários:

  1. Também houve essa impugnação no concurso do TRT/MA ou TRE/MA em 2009, não lembro de qual dos dois. Não deu em nada...

    ResponderExcluir
  2. Oxi...desde que o mundo é mundo o cargo de AJAA é pra quem tem nível superior em qualquer área e o CRA vai criar caso agora, é?! Coitados dos meus colegas se essa moda pegar. Ainda bem que só concorro a AJAJ.

    ResponderExcluir
  3. Estão querendo fazer reserva de mercado em concurso para AJAA, rsrsrs.

    Tratem de estudar e parar de procurar chifre em cabeça de cavalo.

    ResponderExcluir
  4. Gente...esse conselho entra com essa ação em todos os concursos....Trabalho na Procuradoria de Autarquia e no último concurso nosso eles também fizeram a mesma ação...nunca ganham nada..mas eles querem formar esse pensamento, tentam obter algumas decisões para forçar uma jurisprudência, mas é muito difícil...o Conselho de Economia tb fez isso no concurso da ANS, é tão sem noção que disse que por que havia economia na prova deveria ser só para Economista, se for assim, aí por cair português teria que ser só Formado em Letras, por que caiu Adm e Const deveria ser só formado em Direito..é muito sem noção..

    ResponderExcluir
  5. Hiiiii....De novo esta história....
    Não dá em nada...
    Fazem esta faculdade FULEIRA de administração, depois querem reclamar.
    Deviam ter feito Direito,mas fizeram errado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SOU FORMADO EM CONTABEIS E ADMINISTRACAO E NAO TENHO VONTADE DE SER ADVOGADO ATE CACHORRO FAZ CURSO DE DIREITO HOJE QUE E O SEU CASO LENIO DE MERDA

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  6. só corrigindo... as 42 vagas são para técnico e não para Analista........

    ResponderExcluir
  7. Estão de sacanagem, até um "mobral" consegue administrar, quanto mais ser da área adminstrativa. Conheço TI's que planejam e Administram muito mais que um Administrador. Pra quê ser Administrador?!

    ResponderExcluir
  8. http://www.trt8.jus.br/index.php?option=com_content&view=article&id=3190

    ResponderExcluir
  9. Tão idiota e medíocre esse teu pensamento, n me assusta se te ver um dia empurrando uma carroça de lixo seu pau de bosta.

    ResponderExcluir