quinta-feira, 18 de julho de 2013

Concurso do TRT18: Inscrições até às 14h desta quinta, 18






Nesta quinta-feira, dia 18, termina o prazo para efetuar a inscrição no concurso do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região (TRT-18), em Goiás, através do preenchimento do formulário, até às 14h, e/ou do pagamento da taxa. São dez vagas imediatas para técnico (nível médio) e analista (superior) judiciários, além de cadastro de reserva válido por dois anos, podendo chegar a quatro. A remuneração, incluindo R$710 de alimentação, vai de R$5.345 a R$8.850, para carga semanal de 40 horas.


Quem possui somente o 2° grau pode concorrer a seis vagas - além do cadastro - para técnico da área administrativa, cujos vencimentos são de R$5.435,03. Há, também, uma vaga para aqueles que tiverem curso em Tecnologia da Informação e formação de cadastro na especialidade Segurança - que exige carteira de habilitação D ou E. Os graduados podem concorrer à area Administrativa (qualquer formação) ou a uma das seguintes especialidades: Contabilidade, Direito, Engenharia Civil, Medicina, Psicologia e Tecnologia da Informação.

Para se inscrever, o candidato deve preencher o formulário no site da Fundação Carlos Chagas (FCC), organizadora, até às 14h deste dia 18, e efetuar o pagamento da taxa - de R$60 para técnico e R$70 para analista - no mesmo dia. Aqueles que tiveram o pedido de isenção negado podem fazer o pagamento no prazo regular, caso ainda queiram participar do concurso.

As avaliações serão aplicadas em Goiânia, em 18 de agosto, com os locais disponíveis a partir do dia 8 do mesmo mês. Todos os participantes farão prova objetiva e redação, exceto os candidatos a técnico da especialidade Segurança, que terão prova de aptidão física no lugar da discursiva, aplicada em 27 de outubro.

Os exames dos cargos de nível médio e do nível superior serão aplicados em turnos diferentes. Concorrentes a técnico terão quatro horas para completar os exames, menos os da especialidade Segurança, que terão três horas e meia. Os do nível superior deverão responder tudo em quatro horas e meia.

Haverá 50 questões para os participantes de nível médio, divididas igualmente entre Conhecimentos Gerais e Específicos. Já para os do superior, 60 itens sobre Português (20) e Conhecimentos Específicos (40). A parte específica terá peso dois na prova do nível médio e três na do superior. A redação, de até 30 linhas, terá valor de 100 pontos.

Após calculada a média final na prova objetiva, serão considerados aprovados os técnicos que obtiverem 180 pontos e os analistas que chegarem a 240. Na discursiva, será preciso 50 pontos, além de classificação que permita sua correção. O resultado final do concurso está previsto para o mês de outubro.

Fonte:

Nenhum comentário:

Postar um comentário