segunda-feira, 29 de julho de 2013

CLTNEWS | Concurso do TRT de São Paulo: Edital para técnicos e analistas em fase de elaboração



Interessados em participar do concurso para o Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2), com sede na capital paulista, devem intensificar seus estudos, uma vez que o edital está previsto para ser divulgado ainda este semestre. No momento, o órgão realiza o levantamento de vagas em aberto. Atualmente, o TRT-2 conta com 268 vagas, sendo 74 de analista e 194 de técnico judiciário. Os vencimentos são de R$7.261,52 para analista e R$4.703,08, para técnico, já considerando-se o vale-alimentação de R$710. Para concorrer a técnico, a escolaridade exigida é ensino médio e para analista, nas áreas judiciária e de execução de mandatos devem ter diploma do curso de Direito. Para a área administrativa é exigido ensino superior em qualquer curso.


A quantidade de vagas em aberto ainda poderá crescer, uma vez que o levantamento não foi finalizado. No entanto, este total pode não ser totalmente oferecido no edital. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, a definição do deste número depende dos "critérios discricionários da administração".

O tribunal costuma, porém, convocar um grande número de aprovados em seus concursos. No último, realizado em 2008, apesar da oferta inicial ser de apenas 21 vagas, foram chamados 5.019 candidatos, sendo 2.630 para técnico e 2.389 para analista. No momento, o órgão também realiza o processo para a escolha da organizadora. Na seleção passada a escolhida foi a Fundação Carlos Chagas (FCC).

Já foram definidas as especialidades a serem contempladas no edital. No caso de analista, a autorização foi para preenchimento de vagas e formação de cadastro reserva nas áreas judiciária, administrativa e de execução de mandados, além de diversas especialidades. São elas: contabilidade, tecnologia da informação, biblioteconomia, clínica geral, medicina do trabalho, cardiologia, psiquiatria, psicologia, estatística e arquivologia.

Para técnico judiciário serão selecionados funcionários para as áreas administrativa e áreas de apoio (digitação, enfermagem, operação de computadores, tecnologia da informação, artes gráficas, carpintaria e marcenaria, estrutura de obras e metalurgia, telecomunicações e eletricidade, mecânica, apoio de serviços diversos; copa, telefonia, transporte e segurança).

Fonte:

2 comentários:

  1. Pq cada TRT paga um valor de remuneração se os TRT'S fazem parte da estrutura judiciáris FEDERAL? O valor não deveria ser unificado?

    ResponderExcluir
  2. também tenho essa dúvida.. e como ficaria o salário no caso de permuta de servidor de trt de um estado para outro?

    ResponderExcluir