segunda-feira, 20 de maio de 2013

Concurso do TRT de São Paulo: Cresce expectativa por concurso para técnicos e analistas




Segundo a Folha Dirigida:



"Interessados em participar do concurso que será promovido pelo Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2), com sede na capital paulista, devem intensificar os estudos. O edital está previsto para ser publicado no decorrer do segundo semestre. A previsão inicial é de que sejam oferecidas, no mínimo, 180 vagas, além de formar cadastro reserva de pessoal. Destas, 150 serão para o cargo de técnico da área administrativa e 30 para analista na área judiciária. O concurso também contará com vagas para outras especialidades, mas o TRT-2 ainda realiza o levantamento da oferta para estas opções. Para concorrer a técnico é necessário possuir ensino médio e para analistas, nível superior. Os vencimentos são de R$7.261,52 para analista e R$4.703,08, para técnico, já considerando o vale-alimentação de R$710.


No caso de técnico, além da área administrativa, o concurso também contará com vagas para as áreas de apoio de digitação, enfermagem, operação de computadores, tecnologia da informação, artes gráficas, carpintaria e marcenaria, estrutura de obras e metalurgia, telecomunicações e eletricidade, mecânica, apoio de serviços diversos, copa, telefonia, transporte e segurança.

Para analistas, além da área judiciária, haverá vagas para as áreas administrativa e de execução de mandados, além das seguintes especialidades: contabilidade, tecnologia da informação, biblioteconomia, clínica geral, medicina do trabalho, cardiologia, psiquiatria, psicologia, estatística e arquivologia. Nesse caso, para as áreas judiciária e de execução de mandados é necessário possuir formação em Direito. Para a área administrativa, superior em qualquer área.

O órgão já iníciou o processo de escolha da organizadora. No último concurso, realizado em 2008, a escolhida foi a Fundação Carlos Chagas (FCC). Na ocasião, foram registrados 94.808 inscritos para a oferta de 21 vagas.  Para técnico na área administrativa, a prova contou com 60 questões, sendo 30 de Conhecimentos Gerais, com peso um, e 30 de Conhecimentos Específicos, com peso dois. Para analistas foram 25 de Conhecimentos Gerais, com peso um, e 35 de Conhecimentos Específicos, com peso três, além de uma redação".

Fonte: 

Um comentário:

  1. Notícia requentada, não há nada de novo nisso!Folha mal redigida é terrível.

    ResponderExcluir