segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

TRT da 6ª Região prepara concurso com mais de 800 vagas



Trabalhar no poder judiciário é o sonho de muitos concurseiros. Afinal, a alta remuneração e a possibilidade de ascensão profissional pesam bastante na balança.



A novidade é que, em Pernambuco, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 6ª Região prepara uma seleção de tirar o fôlego, com mais de 800 oportunidades para os níveis técnicos e superior.



Apesar de não ter uma data prevista para a publicação do edital - o que pode acontecer até o começo de 2014 -, o número de vagas chama a atenção. O projeto do certame foi anunciado ao Diario pelo novo presidente do órgão, o desembargador Ivanildo da Cunha Andrade, que assume o comando do TRT-PE no biênio 2013-2015. 

Os profissionais selecionados para este montante de vagas serão relocados, caso o projeto de instalação de 26 novas varas da Justiça do Trabalho seja aprovado em Brasília. O anteprojeto foi enviado em novembro do ano passado e deve passar por instâncias como o Conselho Nacional de Justiça e o Congresso Nacional.



As vagas agradam todos os gostos e até formações profissionais, pois neste universo serão criados 52 novos postos para juízes, sendo  metade para o cargo de juiz substituto. Uma será aberta para o cargo de desembargador, mas a seleção desta última é por mérito e através de um concurso interno.



Das mais de 800 vagas previstas, estão no projeto 319 cargos para analistas do judiciário, 113 para oficial de justiça, 120 para analista de administração e 259 para técnico judiciário. Lembrando que a remuneração para os cargos é atrativa. Em uma breve pesquisa sobre concursos similares no país, encontra-se técnicos recebendo R$ 4 mil e analistas, R$ 6 mil. Isto, claro, sem incluir as gratificações e adicionais no trabalho.



“Precisamos acompanhar o crescimento da economia de Pernambuco. Quanto mais o estado cresce, mais aumenta a demanda da Justiça do Trabalho. Em regiões onde não houve este acompanhamento aconteceu um verdadeiro caos”, comenta o desembargador Ivanildo da Cunha Andrade, destacando que ainda não sabe quando a seleção será realizada. Aos concurseiros, fica a dica do novo certame.

Fonte: Diário de Pernambuco

15 comentários:

  1. Não consigo entender o fundamento desta notícia. Achei-a, de certa forma, equivocada.
    O último concurso tem validade de 2 (dois) anos conforme consta no edital, podendo ter prorrogação por igual período.
    Logo, é praticamente (PRATICAMENTE) impossível dizer que um novo concurso virá ainda em 2014 para a respectiva região destinado aos cargos de analista e técnico.

    ResponderExcluir
  2. Eu penso igual! Acho que a equipe do CLT, como meio de comunicação dos concurseiros e responsável pelas notícias que veicula, deveria entrar em contato com o presidente do Tribunal para verificar a veracidade da informação!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já para mim a equipe fez o papel dela, trouxe a informação e apresentou a fonte que é o Diário de Pernambuco, possibilitando a pessoa ir até a mesma e confirmar se a informação está condizente e é verdadeira.

      O concurso foi em 2012 e PODE ser prorrogado, o que não quer dizer que será. Olhando pela notícia apresentada, fica a impressão que o mesmo só teria a validade inicial de 2 anos, a qual terminaria em 2014, possibilitando sim que no mesmo ano saia um novo edital.

      Excluir
  3. http://www.concurseiro24horas.com.br/noticia/61/situacao-atualizada-dos-concursos-para-trts.html

    VEJAM!

    ResponderExcluir
  4. Sejamos otimistas! Pelo menos o concurso para juiz será neste ano. Informação está no site do TRT6. Amei a notícia, mesmo que demore, o importante é que vem!!!

    ResponderExcluir
  5. essas vagas do anteprojeto, q já se encontra na comissão de estatística do TST aguardando parecer, são para os aprovados do concurso homologado em 14/08/2012!!!!! NADA a ver com outro concurso!!!!

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Realmente não entendi a notícia informar a possibilidade de um novo concurso. Antes do concurso de 2012 o Presidente do TRT 6 já havia informado sobre esse projeto de lei... Fiz a prova acreditando nisso..

    ResponderExcluir
  8. o último concurso foi homologado em agosto de 2012, então não faz sentido fazer um novo concurso! Deveriam ser chamados os aprovados no último ( e recente) concurso.

    ResponderExcluir
  9. Tbm acho que essas vagas serão para os que foram aprovados (e para os classificados) no último concurso, o de 2012. Uma coisa é certa: não poderá haver novo concurso antes de julho de 2014

    ResponderExcluir
  10. Acho que a notícia foi publicada com EVIDENTE AFOBAÇÃO. O prazo finda em 2014, prorrogável por mais 2 anos ainda (2016). #bemestranho

    ResponderExcluir
  11. Estou na posição 122 dos quase 300 habilitados para o cargo de analista TI, já houve quase 70 nomeações estava esperançoso, mas essa noticia; sera que devo perder a esperança?

    ResponderExcluir
  12. Tomara que saia mesmo e que não seja prorrogado!!!!

    ResponderExcluir
  13. Estas vagas são para outros cargos do TRT, cargos diferentes do ultimo concurso.

    ResponderExcluir