segunda-feira, 26 de novembro de 2012

CLTNEWS | Concurso do TRT-RJ: Inscrições prorrogadas


Foram prorrogadas, até as 14 horas de 3 de dezembro, as inscrições do concurso do Tribunal Regional do Trabalho do Estado do Rio do Janeiro (TRT-RJ), destinado às carreiras de técnico (nível médio) e analista (superior) judiciários. Os interessados devem preencher o formulário  no site da Fundação Carlos Chagas (FCC), organizadora. Com o novo prazo, o pagamento da taxa, de R$58 (técnico) ou R$79 (analista), foi estendido até 19 de dezembro, devendo ser feito em qualquer agência bancária.

São oferecidas 43 vagas imediatas. Embora a oferta seja reduzida, é importante lembrar da tradição do tribunal de convocar muitos aprovados. De acordo com o presidente da comissão do concurso do TRT-RJ, desembargador César Marques Carvalho, o quantitativo de contratações do atual concurso poderá superar o de todas as seleções anteriores, devido ao quadro de funcionários envelhecido e ao volume elevado de aposentadorias que irão acontecer nos próximos anos.

Do total de vagas, 38 (duas para deficientes) são para técnico judiciário, cuja escolaridade exigida é o nível médio, com inicial de R$4.762,96. Para analista judiciário na especialidade área judiciária, que requer graduação em Direito e tem remuneração inicial de R$7.321,39, há uma chance. Há, ainda, três vagas para analista judiciário na área judiciária - especialidade Execução de Mandados (graduação em Direito e R$10.195,05); e uma para analista judiciário na área administrativa, cujo requisito é possuir graduação em qualquer área, com iniciais de R$7.321,39.

Já estão incluídos em todos os valores citados acima os R$710 do auxílio-alimentação. Na remuneração do analista em Execução de Mandados também já estão inseridos os R$1.344,97 do auxílio-transporte. Além das atrativas remunerações, o concurso é uma ótima oportunidade para quem deseja alcançar a tão sonhada estabilidade empregatícia, que será assegurada pelo regime estatutário.

Etapas - Todos os candidatos passarão por uma prova objetiva, que constará de 60 questões abragendo as disciplinas de Português, Informática, Matemática e Raciocínio Lógico, além de Conhecimentos Específicos nas respectivas áreas. Haverá ainda redação, sendo que só serão corrigidas as de quem for aprovado no exame de múltipla escolha e ficar classificado entre os 800 primeiros para o cargo de analista judiciário da área judiciária, 400 para analista judiciário da área judiciária em Execução de Mandados, 400 para analista judiciário na área administrativa e mil para técnico judiciário da área administrativa. Tanto a prova objetiva como a redação estão previstas para o dia 27 de janeiro de 2013. O concurso terá validade de dois anos, podendo dobrar.

Fonte: Folha Dirigida

Nenhum comentário:

Postar um comentário