terça-feira, 18 de setembro de 2012

Concurso do TRT do Rio de Janeiro: Provas em Janeiro/2013



Boa notícia para os interessados no concurso de técnico e analista judiciários do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ): na segunda-feira, 17, o presidente da Comissão do concurso, desembargador César Marques, informou que as provas objetivas e a redação não ocorrerão mais em novembro, conforme informado anteriormente, mas sim em janeiro. "As provas devem ser aplicadas no dia 13 ou 20 de janeiro. Vamos definir isso nos próximos dias com a Fundação Carlos Chagas (organizadora)", afirmou. Ainda de acordo com o presidente, devido a ajustes finais que estão sendo feitos juntamente à Fundação Carlos Chagas (FCC), organizadora, o edital sairá não mais este mês, mas na segunda quinzena de outubro, quando também serão abertas as inscrições. "Dois dias após a divulgação do documento, as inscrições serão abertas e assim permanecerão por um mês", adiantou.


O concurso proporcionará, a princípio, 200 vagas, das quais 100 serão voltadas ao cargo de técnico judiciário (nível médio) outras 100 distribuídas entre as funções de analista administrativo (nível superior) e analista em execução de mandados (graduação em Direito). Um dos atrativos da seleção é a remuneração inicial: R$4.762,96 para técnico, R$7.321,39 para analista das áreas administrativa e judiciária e R$10.195,05 para analista em execução de mandados, cargos os quais já estão confirmados para o novo concurso. Dentro desses valores já estão incluídos os R$710 de auxílio-alimentação e, na remuneração do analista em execução de mandados, também já está inserido R$1.344,97 de auxílio-transporte.

Outro ponto bastante positivo deste concurso é que, ao longo da validade, que será de dois anos, podendo ser prorrogada por igual período, deverão ocorrer entre 1.500 e 2 mil contratações de aprovados, segundo o presidente da comissão do concurso. "Temos um quadro de servidores bastante envelhecido. Atualmente o volume de aposentadorias é enorme e não para de aumentar. Sem contar que estamos passando por um período de modernização e nosso sistema está ficando mais informatizado. Isso vem gerando, também, muitas aposentadorias, pois os profissionais mais antigos não conseguem acompanhar o ritmo", disse o desembargador César Marques.

Ingressar no TRT-RJ é garantir estabilidade empregatícia, pois o regime de contratação do órgão é o estatutário. O processo seletivo desta nova seleção seguirá o mesmo esquema do de 2008 (quando foi realizado o último concurso para os cargos), por isso os candidatos podem tomar com base o programa anterior. A única mudança, segundo o presidente da comissão, é a exclusão de BrOffice da disciplina de Informática. No entanto, as novas regras ortográficas serão pedidas e levadas muito em conta na hora da correção.

8 comentários:

  1. Pra mim não é boa notícia, não. Estou ansiosíssima por esse edital e quanto mais adia, mas tensa eu fico!!!

    ResponderExcluir
  2. Uma vaga já é minha, mas estudem porque sobraram várias para vocês. ;)

    ResponderExcluir
  3. outra é da minha amiga juliana, tá?

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Queria que a prova fosse em dezembro, haja vista pode atrapalhar os estudos para os próximos certames, TRT PR, GO e SP.

    Marco, só uma dica para você que quer uma vaga no TRT RJ, estude mais o português, sobretudo verbos, pois a FCC adora essa parte da morfologia. O correto é sobraRÂO, e não sobraRAM ,porquanto o verto está no futuro do presente.

    abraço e bons estudos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amigo, se vc não sabe a diferença entre "sobrarão" e "sobraram", recomendo que estude muito português mesmo. Mas é para estudar é muito mesmo, pq qualquer aluno do sexto ano fundamental sabe essa conjugação.

      Excluir
  6. Para mim, ótima notícia. Como trabalho o dia todo não tenho muito tempo para estudar. Então prova em janeiro é muito bom.

    ResponderExcluir
  7. Tenho que juntar grana para ir ao Rio fazer essa prova, mesmo com muito sacrifício. Boa sorte a todos que como eu, luta muito e não desiste em busca uma condição de vida melhor.

    ResponderExcluir