quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

TRT DF/TO prevê para março concurso para servidores


       
Presidida pelo Desembargador Pedro Foltran, a Comissão designada pelo Tribunal Pleno para coordenar os trabalhos necessários à realização do IV Concurso Público para Provimento de Cargos do Quadro de Pessoal do Tribunal  tem se reunido rotineiramente a fim de tratar das inúmeras questões envolvidas na organização de um certame.

O concurso será realizado essencialmente para a formação de cadastro reserva, a fim de viabilizar o preenchimento das vagas que vierem a surgir no prazo de validade. Atualmente, as vagas que ocorrem em virtude de desligamentos, por aposentadorias ou vacâncias, têm sido preenchidas por servidores aprovados em concurso realizados por outros Tribunais. Só no último ano, ocorreram57 nomeações.

Pelo acompanhamento da evolução da faixa etária do corpo funcional, a área de pessoal tem a expectativa de uma média de 5 aposentadorias por mês a partir do próximo ano, mostrando-se, portanto, conveniente que o Tribunal conte com uma lista própria de aprovados.

Já foi feito o levantamento dos cargos que serão contemplados no concurso e também já foi decidido que será observada ordem única de classificação  dos candidatos, o que implica dizer que não haverá uma lista de aprovados para o Distrito Federal e outra para o Tocantins, seguindo-se o mesmo modelo adotado para os concursos para Juiz do Trabalho Substituto.

Ainda não foi definida a entidade que realizará o concurso. Duas instituições com amplo conhecimento na área foram contatadas, para avaliarem as dimensões do certame e apresentarem suas propostas, que serão encaminhadas pela Comissão à Administração para providenciar a contratação. Se tudo correr como esperado, o edital será publicado no primeiro trimestre de 2012.

Veja abaixo a lista dos cargos que serão contemplados: Analista Judiciário - Área Judiciária - Sem especialidade; Analista Judiciário - Área Administrativa - Sem especialidade; Analista Judiciário - Área Judiciária - Especialidade Execução de Mandados; Analista Judiciário - Área Administrativa - Especialidade Contabilidade; Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade Medicina; Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade Engenharia; Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade Arquitetura; Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade Psicologia; Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade Tecnologia da Informação; Técnico Judiciário - Área Administrativa - Sem especialidade; Técnico Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade Enfermagem; Técnico Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade Tecnologia da Informação.

Fonte: TRT 10ª Região

Nenhum comentário:

Postar um comentário